O que é viagem Bleisure?

 A nova tendência de viagem corporativa

 

Desde que começamos a escrever a respeito de turismo corporativo e incentivo aos funcionários em alguns posts anteriores, percebemos que o aumento de produtividade nas empresas virou meta natural e não mais eventual.

 

Procurar meios de manter o funcionário motivado faz parte da cultura das maiores empresas e a tendência só aumenta e atinge empresas de todos os portes.

 

Gestores corporativos sempre buscam as melhores práticas para engajar as equipes.

 

Além de muitas ferramentas de marketing de incentivo, um dos muitos aspectos levados em consideração é transformar o trabalho em algo mais prazeroso.

 

Viagem corporativa com lazer

 

Quantas vezes em uma viagem de trabalho corrida você não pensou em como seria bom poder dar “aquela esticadinha” para conhecer melhor o destino ou visitar um amigo querido ou familiar que mora naquela cidade?

 

É muito comum encontrar viajantes na mesma situação. O empresário quer aproveitar o destino ao máximo, já que não consegue fazer tudo o que gostaria no destino em uma estadia curta ou com passagem cara.

 

E é neste gancho que as empresas que querem sair na frente já começaram a perceber o incentivo natural quando permite que seu funcionário junte uma viagem de negócios a uma viagem de lazer.

 

A tendência que vem crescendo e ganhando atenção do mercado de turismo junta em seu nome, literalmente, as palavras negócios + lazer (em inglês, Business + Leisure): chama-se Bleisure Trips.

 

Resumindo:

 

De maneira simples: Bleisure Trip é a viagem de negócio que é prolongada para aproveitar a estadia no mesmo local, tornando-se assim, uma viagem de lazer também.

 

Dá uma olhadinha nos números que a Phocuswright (organização de pesquisa especializada na indústria de Turismo) levantou:

 

  • 64% dos viajantes a negócio incluem, ao menos, uma extensão livre durante suas viagens, com a impressionante média de 4 dias!
  • 60% deste público faz a extensão acompanhado por outra pessoa.

 

O site Airbnb apresentou um número crescente de viagens identificadas como de negócios com uma estadia estendida até ao menos sábado à noite, o que fez com que a empresa criasse uma nova ferramenta de busca de reservas com filtro de resultados para viagens bleisure.

 

Para utilizar a ferramenta, o usuário só precisa associar seu e-mail de trabalho à sua conta no Airbnb.

 

A empresa ainda afirmou: “O mundo das viagens continua a mudar. As pessoas estão atingindo a estrada mais do que nunca e tendem a agregar mais valor em experiências únicas e locais sobre os itinerários.”  E completou: “A vida não deve parar porque você está viajando a trabalho”.

 

E aproveitando o crescimento desta tendência, os serviços de turismo como restaurantes e hotelaria estão pegando carona para aumentar suas vendas, lançando promoções e campanhas direcionadas para o viajante bleisure.

 

Tendência muda a cultura interna das empresas

 

turistas vistando ponto turístico no rio de janeiro

 

O fato é que o que acontecia de forma discreta, ou até mesmo informal, vem mudando e fazendo parte da cultura das empresas.

 

Dando maior liberdade ao funcionário em escolher seu voo de volta, dividindo despesas, aproveitando dias que o funcionário já estaria fora da empresa para que a famosa “esticadinha” seja formalizada e vista como incentivo e oportunidade de incentivo ao funcionário. 

 

Se a sua empresa ainda não tem essa cultura de transformar as viagens de negócios em Bleisure, talvez seja a hora de rever a política de viagens corporativas, conversar com seus fornecedores (muitos hotéis estão com promoções especiais para viagem bleisure).

 

Seu agente de viagens pode ajudar bastante com cotação comparando os valores de uma viagem somente de negócios e uma viagem bleisure e até mesmo ouvir seus gestores para saber o que eles acham e como isso pode mudar na motivação da equipe.

 

Se quiser saber mais sobre como mesclar a viagem de negócios com lazer aqui no Rio para a sua empresa, entre em contato com a Find Your Rio

 


O que é Team Building e o que ele pode fazer pela sua equipe

No post de premiações e recompensas falamos sobre o marketing de incentivo e diversas ferramentas para deixar os funcionários motivados.

 

Como o post teve uma repercussão bem legal e tivemos algumas perguntas e pedido de ideias para incentivar os funcionários, resolvemos escrever sobre outra ferramenta do marketing de incentivo: o Team Building.

 

Mas o que é Team Building?

colaboradores em uma atividade de team building

 

O conceito do Team Building está diretamente ligado à melhoria do espírito de equipe que pode ser trabalhada de diversas maneiras. São atividades que desenvolvem e reforçam o conhecimento e a união entre os funcionários.

 

É uma ferramenta experimental que vem sendo utilizada, pasmem, desde a década de 40 e é bem mais eficiente que os treinamentos formais.

 

Os treinamentos corporativos formais quase nunca cumprem os objetivos, por serem chatos, cansativos, demorados e acabam, por vezes, desmotivando ainda mais a equipe.

 

Funcionamento

 

Consegue imaginar ser convocado para um treinamento na empresa e chegando ao local, ser informado que acontecerá em uma floresta, que seja preciso vendar os olhos e que seu colega de escritório irá te guiar pelos próximos momentos?

 

São atividades como essa que o Team Building trabalha. A ferramenta se torna interessante e pode ser usada com diversos objetivos.

 

Desde ensinar uma nova habilidade, alinhar conceitos, explorar emoções, quebrar o gelo da hierarquia, melhorar a comunicação e principalmente explorar o conceito de equipe.

 

Não é fácil pensar em como estas atividades podem trazer resultados para dentro do negócio, mas o paralelo não é tão desconexo quanto possa parecer algumas vezes.

 

Objetivos e benefícios do Team Building

stand-up é uma das muitas atividades do Team Building

 

Uma atividade bem planejada de acordo com os objetivos levantados, sendo realizada de forma descontraída, como remar em alto mar, por exemplo, precisa de muito entrosamento da equipe, comunicação, participação de todos, raciocínio coletivo, entre outras.

 

Não podemos esquecer que estas atividades devem proporcionar muito mais do que diversão, o conteúdo dos desafios deve ser relacionado com o dia-a-dia dos funcionários para que o link imediato seja feito e os objetivos traçados lá no planejamento sejam alcançados com sucesso.

 

É importante a participação de todos. As atividades de Team Building não envolvem hierarquia e, portanto, é muito essencial que os líderes também participem.

 

Segundo especialistas, em alguns casos apresentam-se equipes que trabalham lado a lado por anos e se conhecem muito pouco.

 

Sair da rotina do escritório e vivenciar uma experiência personalizada para sua empresa aumenta a probabilidade de um funcionário aplicar o que aprendeu na prática.

 

As atividades podem ser feitas em ambientes abertos ou fechados, de dia ou de noite. Tudo irá depender do objetivo principal que a empresa quer alcançar.

 

A Find Your Rio já realizou experiências de Team Building para algumas empresas, e podemos citar alguns exemplos para dar uma ideia do que é possível fazer com a sua equipe, como por exemplo:

 

  • Caça ao tesouro na Floresta da Tijuca;
  • Game com perguntas sobre curiosidades do Rio;
  • Construção e corrida de canoa havaiana;
  • Competição de esportes aquáticos;
  • Cooking class;
  • Entre outros.

 

A Find Your Rio pode ajudar a criar este espírito de união e alcançar seus objetivos, motivando a sua equipe com experiências personalizadas, com atividades inusitadas, de acordo com a filosofia da sua empresa.

 

Entre em contato conosco para falarmos um pouco mais das possibilidades de montarmos uma experiência especial e personalizada para a sua equipe.

 

Gostou do post? Compartilha então com seus amigos e nos siga em nosso Facebook e Instagram para estar sempre por dentro!

 

footer

Premiações: saiba quais recompensas vão fazer seus funcionários amarem a sua empresa!

Manter a motivação dos colaboradores é o principal objetivo das empresas que se preocupam com a qualidade total. Para que se tenha bons resultados alcançados é preciso ter uma equipe que colabora e receba recompensas pelo esforço feito.

 

De nada adianta ser uma empresa moderna, com ótimo mobiliário, softwares avançados, excelente infraestrutura se as equipes não estiverem envolvidas e motivadas. Não basta distribuir brindes ou realizar aquele grande churrasco no final do ano.

 

É preciso estudar e planejar bastante antes de lançar uma campanha. É nesse momento que as empresas voltam sua atenção especial para o marketing de incentivo.

 

O marketing de incentivo é a ferramenta composta por uma gama de ações pré planejadas que buscam atingir o maior potencial dos seus funcionários.

 

Todo o movimento do marketing de incentivo funciona como uma grande luta onde as forças internas bem motivadas vencem as forças externas, como por exemplo: pressões de mercado, cobranças, concorrentes ou qualquer outra força que venha desmotivar a equipe.

 

É preciso conhecer bem o seu time e o que tocará melhor a sua força de trabalho. Compreender o que eles percebem como valor é a chave para acertar na campanha e motivar ao máximo.

 

Considerando que você já conhece bem os seus funcionários, o que os motiva, quais são os seus objetivos e o orçamento que tem disponível, é hora de dar atenção a uma parte bastante importante do marketing de incentivo – a recompensa!

 

Afinal, a recompensa é a meta final do premiado, precisa ser atraente, ser valioso, ser desejado e estar ao alcance.

 

Algumas soluções mais usadas como premiações do marketing de incentivo são:

Continue reading…


Como planejar uma viagem de incentivo?

 

Para manter a equipe motivada, as empresas estão cada vez investindo mais na chamada viagem de incentivo. Elas funcionam da seguinte forma: coloca-se uma meta a atingir, e o prêmio é uma viagem.

 

Parece simples, mas a viagem tem que ser elaborada detalhadamente para que não seja uma recompensa qualquer. Essa poderosa ferramenta motivacional tem quatro fases importantes, que explicaremos a seguir.

 

Planejamento

 

Para que surta exatamente o efeito que se espera com a viagem, um planejamento detalhado precisa ser feito. São necessárias perguntas como:

  • Qual o objetivo dessa campanha?;
  • Qual o perfil dos  colaboradores que participarão?;
  • O que os interessa?;
  • O que os surpreenderiam?;
  • Como faremos para prolongar a sensação maravilhosa que uma viagem proporciona?.

 

Essa é a base para escolher o destino e o que fazer lá. Não deixe de lado o Turismo de Experiência, afinal, essa é a forma perfeita para você tornar a viagem inesquecível.

 

Nós, da Find Your Rio, somos uma agência especializada em Turismo de Experiência na cidade e podemos auxiliar com muita criatividade.

 

Implementação

 

Tenha um bom motivo para seus colaboradores se empenharem em ganhar esse prêmio. Normalmente, a razão para criar esse tipo de ação é aumentar a produtividade da equipe ou dos parceiros.

 

Abuse na criatividade para apresentar essa novidade na empresa. Faça com que a viagem de incentivo comece no dia que comunicarem sobre a “promoção”.

 

Colocar “água na boca” é a melhor forma de incentivar para que eles realmente embarquem nessa ideia. Por exemplo: a sua empresa pode enviar e-mails semanais com novas fotos do destino. Lembre-se: a viagem começa na espera por ela.

 

Execução

 

Contrate uma agência de turismo focada em viagens de incentivo (também conhecidas por MICE – Meeting, Incentives, Conferences and Exhibitions) para desenvolver passo a passo a operação. Verifique e peça para que eles testem todo o roteiro com as DMCs (receptivo local – Destination Management Companies) contratadas.

 

Se o orçamento não possibilitar a contratação de uma MICE, faça pelo menos o teste com a DMC do destino antes de levar o grupo. A facilidade de encontrar avaliações dos prestadores de serviço na Internet ajuda bastante.

 

A agência de turismo precisa encantar o ganhador do prêmio. Crie, surpreenda e personalize ao máximo a experiência.

 

O segredo é que a viagem de incentivo seja exclusiva e que passe uma sensação que ele nunca teria feito aquilo se não fosse no roteiro da empresa. Menos brindes e mais mimos, abuse das experiências únicas.

 

Case UBER

 

Em 2014, a Uber incentivou seus funcionários com uma viagem de incentivo ao Rio de Janeiro para assistir o jogo da final da Copa do Mundo de Futebol.

 

Os 7 motoristas que fizessem mais corridas, ficassem mais tempo disponíveis no aplicativo, que recusassem menos clientes e com as melhores notas, teriam ganhariam a recompensa. Foram diversos motoristas em vários países tentando o prêmio.

 

 

viagem de incentivo para funcionários do Uber

Créditos: site da abc Chicago.

 

Allan Gaston, de Chicago, nos Estados Unidos, foi um dos ganhadores. A equipe da Uber-Chicago estava toda presente para contar ao Allan que ele foi vencedor.

 

Assista o vídeo completo da campanha: The Uber Cup | Destination Rio

 

Divulgação

 

Registre cada passo da viagem de incentivo, tanto em tempo real pelas redes sociais, quanto de forma mais direta na volta para casa. Posters, revistas, brindes exclusivos, fotos impressas, e tudo que sirva para lembrar dos momentos principais do roteiro. 

 

Isso ajuda a gerar interesse para quem não conseguiu bater a meta e até para os participantes que foram e agora vão se esforçar mais para conseguirem ir de novo.

 

Gostou do artigo? Segue a gente no Facebook e Instagram e fique por dentro de todas as dicas da Find Your Rio.

 

footer